Orçamento do Vitória para a próxima época prevê saldo positivo de 1,3 milhões de euros



O Vitória projecta arrecadar quase três milhões de euros com o valor das quotas dos sócios e da venda de lugares anuais para a temporada 2024/2025. A verba, precisamente 2,94 milhões de euros, consta no orçamento da Direção de António Miguel Cardoso, que irá ser votado em Assembleia Geral no próximo dia 28. De acordo com o mesmo documento, o clube conta com um crescimento de 23,5% por comparação com a época passada.

Os rendimentos totais do Vitória para a nova época, excluindo os que respeitam exclusivamente à SAD, são de 5,54 milhões de euros, mais 15% por comparação com o último ano. Os gastos vão subir 13%, de 3,76 milhões para 4,25 milhões, com destaque para a aplicação de 1,5 milhões na participação no capital social da SAD. Contas feitas, o Vitória antecipa um saldo positivo de 1,3 milhões de euros entre rendimentos e gastos totais, com um lucro de 284 mil euros, após descontar juros e amortizações.

Na época 2024/2025, o Vitória pretende aumentar em 10% o número associados com as quotas em dia assim como em aumentar em 10% o número de lugares vendidos no Estádio D. Afonso Henriques. No plano comercial, comunicação e marketing, o Vitória deseja manter o 4.º lugar no ranking de espectadores e aumentar a ocupação média do Estádio D. Afonso Henriques para, no mínimo, 60%, assim como enriquecer oferta de entretenimento e de restauração na Fan Zone, melhorando condições de segurança e mobilidade, além de aumentar o volume de vendas em pelo menos 10% nas lojas oficiais do Vitória.

Na formação, o clube entende que deve “consolidar uma estratégia que permita a evolução desportiva, social e educativa dos jogadores e respetivas equipas nos processos ensino/aprendizagem do treino de formação, que propiciem ao atleta a oportunidade de viver a sua atividade desportiva com prazer”, fazendo aumentar o número de jogadores da escola de Futebol Afonsinhos, “promovendo assim o aumento do ADN Vitoria”.

O plano de atividades das modalidades pretende “promover a disciplina, o comprometimento e a motivação de todos os departamentos envolvidos pois são fatores essenciais para o sucesso coletivo”, e, ao mesmo tempo, “maximizar as receitas em publicidade do clube promovendo o clube junto dos agentes económicos do Concelho e da região Norte” e “promover um maior controlo orçamental de cada modalidade”.


Marcações: Vitória Sport Clube

Imprimir Email