Teatro, conferências e actividades para crianças no cartaz cultural de Guimarães

Este sábado prosseguem os Festivais de Gil Vicente. Ao terceiro dia do festival, o palco é entregue ao autor e encenador Bruno dos Reis para apresentar "Vi o Ayrton Senna morrer nos olhos do meu irmão". Interpretação de Dick Steeves, João Tarrafa, Nuno dos Reis e Teresa Queirós que apresenta um espetáculo cujo mote é a morte do piloto de fórmula 1, Ayrton Senna, pelos olhos de uma criança, contando com música ao vivo interpretada pelo Quarteto de Orquestra Filarmonia das Beiras.  

Este sábado há actividades para os mais novos nos Banhos Velhos, nas Taipas. De acordo com o programa, realiza-se o primeiro atelier infantil da temporada cultural, que pretende incentivar a descoberta do barro e da cerâmica, uma das matérias primas mais antigas na história da humanidade e um meio de expressão plástica privilegiada, através da criação de peças únicas, descobrir a potencialidade criativa, estimular a destreza e motricidade e a auto-estima. Destinadas a crianças dos 4 aos 8 anos de idade, as iniciativas têm entrada livre.

A Sociedade Martins Sarmento promove este sábado a segunda sessão do ciclo de conferências «Um salão para falar e um quarto para escrever», que terá lugar pelas 16h00, assinalando o 2º centenário da morte da poeta vimaranense Catarina de Lencastre. Esta segunda sessão aborda os salões literários do século XIX, de Catarina de Lencastre a Ana Plácido, Maria Brown, Maria Peregrina de Sousa e outras desconhecidas, com a participação de Maria Luísa Malato, Sérgio Guimarães de Sousa, Maria de Fátima Outeirinho e um momento musical com o coro Vilancico.

Marcações: Sociedade Martins Sarmento, Festivais Gil Vicente, Banhos Velhos

Imprimir Email